/A Clínica Como Ela É

DESAUTORIZANDO O SOFRIMENTO

MAYANA ZATZ geneticista

JORGE FORBES psicanalista
OS CASOS DO GENOMA ATENDIDOS PELA PSICANÁLISE

MUITO DA ALEGRIA E DO SOFRIMENTO HUMANO SÃO EXPRESSOS PADRONIZADAMENTE. É UMA FORMA POUCO CRIATIVA DE RESPONDER À ANSIEDADE DO NOVO, DA SURPRESA, DO ENCONTRO.
DEVOLVER A INVENÇÂO E A RESPONSABILIDADE FRENTE AO DESEJO É UMA FUNÇÃO CLÍNICA FUNDAMENTAL NA PSICANÁLISE DE HOJE. DAÍ DECORRE A IMPORTÂNCIA DE “DESAUTORIZAR O SOFRIMENTO” PRONTO PARA USAR.
TRAREMOS A ESTE SEMINÁRIO AS PESQUISAS CLÍNICAS QUE ESTAMOS REALIZANDO NO CENTRO DE ESTUDOS DO GENOMA HUMANO – USP, EM ASSOCIAÇÃO COM O PROJETO ANÁLISE.

SEGUNDAS-FEIRAS, 11h30 às 13h00
DE SETEMBRO A NOVEMBRO DE 2007
NA USP – CENTRO DE ESTUDOS DO GENOMA HUMANO
INVESTIMENTO TOTAL: 900 REAIS EM TRÊS PARCELAS
INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES: CIDADE UNIVERSITÁRIA – SP, RUA DO MATÃO 106,
TEL: 30917966, RAMAL 215, MÁRCIA, A PARTIR DE 1º DE AGOSTO
SITES: www.genoma.ib.usp.br; www.projetoanalise.com.br; www.ipla.org.br
VAGAS LIMITADAS – CERTIFICADOS PARA 75% DE PRESENÇA