Prólogo do livro: "Você Quer o Que Deseja?"

28/11/2003 02h00

(Prólogo do livro de Jorge Forbes "Você Quer o Que Deseja?" - Ed. Best Seller, 2003 - abaixo: versão em áudio)

VOCÊ QUER O QUE DESEJA?

Você quer o que deseja? é urna pergunta profundamente humana: a dúvida e a decisão são exclusivas da nossa espécie.

Você Quer o Que Deseja? aponta o fato muito comum de urna pessoa lutar por algo e se desinteressar assim que o obtém.
Você Quer o Que Deseja? sintetiza muitas histórias: dos casais que começam a brigar no primeiro dia da lua-de-mel; do funcionário que, arruinado pelo êxito - corno dizia Freud -, consegue ser despedido no dia da promoção; do turista que perde o passaporte; enfim, dos eternos descompassos entre o homem e o mundo.

Você Quer o Que Deseja? revela que nada que alguém possa querer é suficiente para satisfazer o desejo. Desejar, lembrava Lacan, é sempre desejar outra coisa, a ponto de podermos agradecer a quem não nos dá o que foi pedido.

Você Quer o Que Deseja? alerta para o drama da passagem de época, da era industrial - pai-orientada - à era atual, da globalização, na qual nenhum padrão universal sobrevive e na qual, mais do que antes, fica evidente a distância entre o eu e o mundo. Até mesmo soluções milagrosas, como a proposta pelo poeta Carlos Drummond de Andrade - mudar o nome para Raimundo -, obtêm no máximo uma rima, não uma solução.

Você Quer o Que Deseja? fala da angústia própria à decisão. Não há decisão que não seja arriscada e que não induza à perda. O mal chamado estresse nada mais é do que a conseqüência do medo de decidir, que provoca o empanturramento das opções.
Você quer o que deseja? é a questão que perpassa todos os capítulos deste livro, dividido em três partes: Crônicas, Conferências e Lacanianas. Crônicas contém pequenos textos, às vezes de poucas linhas, como "Sonho Americano”, que revelam a insistência do Real - algo que não tem nome nem nunca terá - nos mais diversos momentos do cotidiano pessoal, familiar, político, econômico. Conferências traz cinco textos estabelecidos de meus dois últimos seminários anuais: Inconsciente e Responsabilidade: Um Novo Amor e Vergonha, Honra, Luxo: Instrumentos para uma Clínica psicanalítica da Pessoa e da Civilização do Século XXI. Lacanianas aborda questões mais especializadas de psicanálise, e que podem ser acompanhadas por todo leitor interessado.

Você quer o que deseja?, título deste livro, inspirado em Jacques Lacan, convida a que cada um faça a si mesmo essa indagação, que, por não ter resposta pronta, obriga à invenção.
_________________________________

Ouça o áudio do prólogo com música eletrônica de Lipe Forbes
e a voz de Sérgio Viotti